Página inicial > Notícias > Uso consciente da água é tema de panfletagem realizada com moradores de (...)

Uso consciente da água é tema de panfletagem realizada com moradores de Piquiá de Baixo



segunda-feira 5 de dezembro de 2016

Atitudes simples como fechar a torneira enquanto se escova os dentes e reduzir o tempo debaixo do chuveiro são importantes quando se trata de utilizar de forma consciente a água, evitando os desperdícios.Para incentivar os moradores de Piquiá de Baixo, Açailândia (MA), a fazer bom uso da água foi realizada na manhã do último sábado (03), uma panfletagem sobre o tema, nas principais ruas do bairro. A atividade foi idealizada pela equipe sociojurídica da Associação de Moradores de Piquiá de Baixo (ACMP) juntamente com o Projeto Direito à Saúde de Piquiá de Baixo e os Vigilantes em Saúde.

Vestindo roupas coloridas, com rostos pintados e narizes de palhaço a “trupe”, composta por pessoas das equipes idealizadoras, pelo grupo de teatro da Vila Ildemar e por um componente da quadrilha Matutos do Rei, fez a animação, chamando a atenção dos moradores do bairro, principalmente das crianças, que saiam às ruas para ver que cantoria era aquela em plena manhã. Além do panfleto com dicas de como economizar água, eles também recebiam uma cópia da página do Diário Oficial do município que aprova o projeto de loteamento já com o nome escolhido em votação: Piquiá da Conquista.

Segundo a coordenadora do Projeto Direito à Saúde de Piquiá de Baixo, Jordania Silva, a ideia de realizar a atividade nasceu a partir das rodas de conversa realizadas pela ACMP para tratar sobre o processo de reassentamento e tirar dúvidas. “Numa dessas rodas de conversa surgiu essa questão do desperdício da água. Era também no tempo que o abastecimento lá em Piquiá de Baixo funcionava por meio de rodízio. Falaram que as pessoas desperdiçavam a água e quando retornasse o abastecimento normal seria interessante fazer uma atividade a respeito disso”, explicou.

O cortejo da alegria iniciou por volta das 9h da manhã na “rua da fumaça” e foi percorrendo as principais ruas de Piquiá até chegar na quadra da comunidade, onde foram realizadas brincadeiras com as crianças envolvendo a temática da água. “Aprendi que quando for tomar banho não deixar o chuveiro ou a torneira ligada. Se não tiver água no tambor a gente liga e enche, depois desliga para não gastar muita água. Nós podemos explicar para os outros também como usar a água”, diz Dê Jarlisse Farias, de 11 anos, que acompanhou a panfletagem desde o começo e disse ter gostado de participar da atividade.

Idayane Ferreira